(51) 3222-5577
slide1
slide2
slide3
Institucional
Associe-se
Produtos
Centro de Eventos
Informativo SincoPeças
Notícias
Eventos
Convenções
Emissão de Guias
Guia de Negócios
Banco de Currículos
Localização
Sincopeças Brasil
Contato
 
 Cadastre-se
Receba as novidades do Sincopeças e do segmento
de autopeças, fazendo
seu cadastro aqui

Notícias

Os protestos e as pautas da sociedade
03 de Julho de 2013

Artigo de autoria do presidente do Sistema Fecomércio-RS, Zildo De Marchi

 

São positivas as manifestações de protesto que têm acontecido nas últimas semanas no Brasil. Com exceção das ações de vandalismo, em que as empresas do comércio varejista foram as mais prejudicadas. A ida do povo às ruas tem um significado importante. Ela demonstra que a sociedade está preocupada em manter as conquistas democráticas dos anos 1980 e reconhece os avanços econômicos que foram iniciados nos anos 1990, porém, também demonstra o descontentamento com o desempenho do Estado, que cobra altos tributos, mas não oferece retorno aos cidadãos na forma de bens e serviços públicos de qualidade. O Estado brasileiro – em todas as esferas, e todos os governos - não acompanhou as mudanças do século XXI, e procura responder a problemas cada vez mais complexos com a mesma fórmula de antigamente. Deixou que as pressões políticas e corporativas pelo aumento de gastos diminuíssem substancialmente sua capacidade de investimento, e buscou o equilíbrio das contas no aumento dos impostos. Não melhorou a eficiência da gestão. O resultado pode ser verificado no transporte público, nas escolas e nos postos de saúde. O Estado tem se mostrado ineficiente tanto naqueles serviços que presta diretamente ao cidadão, quanto naqueles em que é responsável pela regulação, mas que são oferecidos por empresas privadas. Todos os brasileiros são sócios de um mesmo empreendimento, que é o Brasil. 

Todos têm o dever de contribuir com sua parte, e a grande maioria faz isso de forma correta. Isso nos dá o direito de opinar, fiscalizar os representantes, bem como cobrar que exerçam o seu trabalho da maneira mais produtiva e transparente possível. As bandeiras que têm sido defendidas pelo empresariado ao longo das últimas décadas são exatamente as mesmas que estão sendo clamadas pela população nas ruas. Talvez tenhamos utilizado termos mais complexos, focando nossas manifestações em um conteúdo mais propositivo, mas a indignação que nos une é a mesma. Há muito que lutamos pela racionalização dos impostos, pela eficiência na gestão pública, pelas reformas tributária, política e administrativa, entre outras que visam a melhorar os serviços públicos. Disso, dependem a qualidade de vida das pessoas e as condições para que as empresas possam se desenvolver e gerar resultados positivos para a sociedade. O “gigante pela própria natureza”, como diz o hino, acordou, e os empresários estão unidos para mantê-lo acordado.


Crédito: João Alves
Fechar Próxima Anterior

Crédito: João Alves


+ notícias

Envie por E-mail

Dados Para Envio:
*
*
*
*
*

Downloads de Palestras



Informativo

Clique aqui e
acesse as edições anteriores



Feriados
Municipais

 

Banco de CurrículosCompra e VendaGaleria de Fotos
Links Rápidos
Correios
Cotação de Veículos
Detran RS
Diário Oficial do Estado
Diário Oficial da União
Fecomércio-RS
Governo do Estado RS
Junta Comercial do RS
Ministério do Trabalho
Ministério dos Tranportes
Prefeitura de Porto Alegre
Previdência Social
Receita Federal
Rotas Turísticas RS
Sebrae - RS
Secretaria da Fazenda RS
Serasa
Tribunal de Justiça do RS
Avenida Paraná, 2.435 | São Geraldo | 90240-602 | Porto Alegre/RS | Tel: (51) 3346-5644 / 3346-7012 | Fax: (51) 3222-5456