(51) 3222-5577
slide1
slide2
Institucional
Associe-se
Produtos
Centro de Eventos
Informativo SincoPeças
Notícias
Eventos
Convenções
Emissão de Guias
Guia de Negócios
Banco de Currículos
Localização
Sincopeças Brasil
Contato
 
 Cadastre-se
Receba as novidades do Sincopeças e do segmento
de autopeças, fazendo
seu cadastro aqui

Notícias

Intenção de consumo das famílias gaúchas segue em queda em fevereiro
22 de Fevereiro de 2016

A pesquisa Intenção de Consumo das Famílias (ICF) registrou 69,1 pontos em fevereiro, o que representa um recuo de 37,5% em relação ao mesmo período do ano passado e de 5,7% na comparação com o mês anterior. Frente ao mesmo mês de 2015, o ICF apresentou queda significativa em todos os seus componentes. Os dados que evidenciam a continuidade do indicador em patamar pessimista constam na pesquisa divulgada nesta segunda-feira (dia 22) pela Fecomércio-RS e que conta, no mínimo, com 600 famílias em sua amostra.

Como o cenário econômico persiste bastante negativo, com forte impacto sobre as condições financeiras e de confiança das famílias, os resultados de fevereiro mantém o ICF em nível significativamente pessimista, sem alterações em relação ao verificado em meses anteriores”, comenta o presidente da Fecomércio-RS, Luiz Carlos Bohn. De acordo com o dirigente, a rápida deterioração do mercado de trabalho, a inflação alta e os juros elevados reduzem o ímpeto de compra das famílias. “Soma-se a isso o cenário de instabilidade política, que representa uma fonte de incerteza em relação ao futuro e também acaba afetando a segurança das famílias para consumir e tomar crédito”, complementa.

O indicador que mede a segurança com relação à situação do emprego caiu 14,7% sobre fevereiro do ano passado, aos 106,2 pontos. Tradicionalmente otimista, o indicador avança para a zona de neutralidade conforme piora a situação do mercado de trabalho, contaminado pelo quadro recessivo da economia. A avaliação quanto à situação de renda  atual permanece no campo pessimista, com um recuo de 38,6% em relação a fevereiro de 2015.

Os dados relacionados ao nível de consumo atual em fevereiro mostram uma redução de 55,5% na comparação com o mesmo mês do ano passado, aos 42,3 pontos. A avaliação referente à facilidade de acesso ao crédito caiu 44,5% no mesmo período analisado, aos 61,5 pontos; e o referente ao momento para consumo de bens duráveis teve diminuição de 57,7%, aos 41,4 pontos em fevereiro. “Com um histórico amplamente otimista, este indicador persiste apresentando quedas expressivas nos últimos meses e encontra-se em patamar bastante pessimista. O seu contexto – aumento da taxa de desemprego, redução no nível das contratações e deterioração da renda das famílias – tem afetado a demanda por bens duráveis, cuja aquisição está, geralmente, associada à utilização de crédito”, pondera Luiz Carlos Bohn.

O indicador que mede a perspectiva profissional caiu 28,6% em fevereiro deste ano na comparação com o mesmo mês de 2015, aos 79,7 pontos. “No momento, não há perspectivas de mudança do cenário econômico. Assim, os trabalhadores não esperam qualquer ascensão em termos de cargos e salários dentro das empresas, o que determina a trajetória de declínio do indicador verificada nos últimos meses”, analisa o presidente da Fecomércio-RS.

No que se refere à perspectiva de consumo, a pesquisa de fevereiro apontou uma redução de 30,9% em relação ao mesmo período de 2015, seguindo em patamar pessimista. “Enquanto não houver sinalização de mudança no cenário político e econômico, dificilmente a confiança das famílias irá mostrar resultados diferentes dos já evidenciados”, ressalta Luiz Carlos Bohn.

- Para ver a análise econômica clique no link http://links.fecomercio-rs.org.br/ascom/analiseICFfev16.pdf

- Acesse a pesquisa completa em http://links.fecomercio-rs.org.br/ascom/ICFfev2016.pdf



+ notícias

Envie por E-mail

Dados Para Envio:
*
*
*
*
*

Downloads de Palestras



Informativo

Clique aqui e
acesse as edições anteriores



Feriados
Municipais

 

Banco de CurrículosCompra e VendaGaleria de Fotos
Links Rápidos
Correios
Cotação de Veículos
Detran RS
Diário Oficial do Estado
Diário Oficial da União
Fecomércio-RS
Governo do Estado RS
Junta Comercial do RS
Ministério do Trabalho
Ministério dos Tranportes
Prefeitura de Porto Alegre
Previdência Social
Receita Federal
Rotas Turísticas RS
Sebrae - RS
Secretaria da Fazenda RS
Serasa
Tribunal de Justiça do RS
Avenida Paraná, 2.435 | São Geraldo | 90240-602 | Porto Alegre/RS | Tel: (51) 3346-5644 / 3346-7012 | Fax: (51) 3222-5456