Diretoria

Gestão 2018/2022

  • Gerson Nunes Lopes – Presidente

  • Alexandre Belmonte dos Santos – 1º Vice-presidente

  • Jorge Eleres Paim de Moraes - 2º  Vice-presidente

  • Rogério Luiz Zaffari - 3º Vice-presidente

  • Marcelino Klein - Diretor Administrativo

  • Nilton Renato Possa – Vice-diretor Administrativo

  • Antônio Carlos Gonçalves - Diretor de Finanças e Patrimônio

  • Veni Dolejal Goulart - Vice-diretora de Finanças e Patrimônio

  • Luiz Alberto Rigo – Diretor de Relações do Trabalho

  • Wanderley Raymundo de Souza – Diretor Social e de Comunicação

  • Eduardo Feijó de Oliveira – Diretor de Autopeças

  • Joel Konig Vieira – Diretor de Motopeças

  • Luciano Perlin Muller – Diretor de Veículos Usados

  • Sérgio Leonardo Ferreira João – Diretor da Região Sul

  • Alexandre Gay de Lima – Diretor Região Central

  • Hélio José dos Santos – Diretor Região Serra

  • Milton Gomes Ribeiro – Diretor da Região da Grande Porto Alegre

Suplentes da Diretoria

  • Alexandre Batista Meditsch

  • Alexandre Quadrado

  • Flávio da Silva Telmo

  • Mauro Gotler

  • Tino Piccoli

  • Maria Isabel Simanski da Silva

  • Michele Moraes de Moraes

Conselho Fiscal Efetivo

  • Luiz Carlos de Assunção

  • Cleomar Luís Morés

  • José Pacífico da Fontoura Neubauer  

Conselho Fiscal Suplente

  • Paulo Edilton Paim de Moraes

  • Henrique Hoffmann ​

Delegados Representantes junto ao Fecomércio - RS

  • Gerson Nunes Lopes

  • Alexandre Belmonte dos Santos

Delegados Rep Suplentes junto ao Fecomércio - RS

  • Rogério Luiz Zaffari

  • Milton Gomes Ribeiro

O que fazemos pelas Empresas do Setor Automotivo

  • Colaboramos com os poderes públicos, como órgão de consulta e informação, no estudo e solução de problemas que afetam as empresas;

  • Mantemos intercâmbio com entidades parceiras (Fecomércio-RS, Confederação Nacional do Comércio, INMETRO, SEFAZ-RS, DETRAN-RS, entre outros);

  • Participa e apoia eventos que colaborem na evolução dos negócios das empresas;

  • Propõe ações judiciais;

  • Realiza atividades para fomentar o desenvolvimento e crescimento das empresas;

  • Estabelece convênios com outras entidades para benefício das empresas;

  • Institui planos e seguros de saúde e acidente de trabalho, previdência privada, seguros e resseguros em geral, medicina ocupacional e preventiva ou firma convênios com instituições para a execução desses planos;

  • Mantém assessoria jurídica e técnica própria ou por convênios para atender as empresas nas áreas trabalhista, tributária, administrativa, etc;

  • Desenvolve projetos sociais, culturais, de segurança, ecológicos, desportivos e de entretenimento;

  • Institui, administra ou firma convênios para na área educacional, de treinamento e profissionalização;

  • Desenvolve ações de Recursos Humanos de interesse dos empresários, inclusive de seleção de pessoal com apoio de empresas especializadas;

  • Promove e realiza serviços de pesquisa mercadológica;

  • Estabelece termos de cooperação técnica e científica para levar conhecimento de mercado para os empresários;

  • Promove a fundação de cooperativas, na forma da lei, viabilizando-as econômica e logisticamente;

  • Trabalha na disseminação de informações necessárias para empresários e contadores através de estratégias de comunicação dirigidas (redes sociais; website; e-mail marketing; whastapp, entre outros);

  • Intervém, junto aos poderes públicos estaduais e municipais, para a edição de leis, decretos, portarias, pareceres ou medidas de interesse da categoria;

  • Zela observação das leis vigentes;

  • Emite opinião, com divulgação pública, sobre projetos de lei, medidas provisórias, decretos, portarias e circulares de interesse da categoria.

Conheça o Estatuto Social do SINCOPEÇAS-RS

Empresário o Estatuto Social do Sincopeças-RS é para seu conhecimento e uso:

  O SINCOPEÇAS-RS, com sede em Porto Alegre e abrangência estadual, foi constituído para fins de estudo, pesquisa, coordenação, proteção e representação legal das empresas do comércio do setor automotivo no estado do Rio Grande do Sul. Através do estatuto social o empresário fica conhecendo sobre os direitos, prerrogativas e deveres da entidade, além das obrigações e responsabilidades de toda diretoria. O documento ainda informa detalhadamente quais os direitos e deveres dos empresários associados, inclusive daqueles que desejam ser diretores da entidade.

 

 CONTEÚDO FUNDAMENTAL PARA VOCÊ EMPRESÁRIO DO SETOR AUTOMOTIVO. LEIA E FIQUE ATENTO!

Obtenha-o aqui!

Conheça o Estatuto Social do SINCOPEÇAS-RS

Contribuição Assistencial

  É a contribuição prevista em cláusula da convenção coletiva de trabalho entre sindicato de empregados e sindicato patronal. O artigo 8º, inciso VI, da Constituição Brasileira de 1988, prevê a obrigatoriedade da participação dos sindicatos nas negociações coletivas de trabalho. O inciso IV do mesmo artigo dispõe que a Assembleia Geral fixará o valor da contribuição. A contribuição assistencial patronal é ônus da empresa. A assembleia de associados do Sincopeças-RS fixou sua contribuição assistencial no valor equivalente a 2,5 (dois e meio) dias da folha de pagamento reajustada pela convenção coletiva. A receita desses valores, pelo sindicato patronal, é integralmente aplicada em benefícios assistenciais a sua categoria representada. Difere da contribuição assistencial descontada em folha de pagamento dos empregados, que é repassada ao sindicato dos empregados no comércio.

Convenção Coletiva de Trabalho

  É o acordo resultante da negociação entre o sindicato patronal e o sindicato dos empregados no comércio. Estabelece o reajuste salarial, o salário mínimo profissional e todos os demais direitos e obrigações de empregados e empregadores de toda a categoria econômica do comércio varejista de veículos e de peças e acessórios para veículos. Tem vigência de 12 meses, sendo renovada anualmente, no mês estabelecido para o reajuste salarial. A base legal da Convenção é a CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, Decreto Lei nº 5.452, de 1º de maio de 1943, artigos 611 a 625, e reconhecida no artigo 165, Inciso XIV, da Constituição Federal Brasileira de 1988.

Contribuição Sindical

  A contribuição sindical foi instituída pela Constituição Federal de 1937 e preservada pela Constituição de 1988, estando prevista no Capítulo III da CLT – Consolidação das Leis do Trabalho, artigos 578 a 610. É devida por todos aqueles que participam de uma determinada categoria econômica ou profissional, em favor do sindicato representativo da mesma categoria. Os empregadores estão obrigados a recolher a contribuição sindical, de uma só vez, no mês de janeiro de cada ano, em valor proporcional ao capital social registrado (artigo 580 da CLT). O valor total arrecadado é partilhado entre o Sindicato (60%), a Federação do Comércio (15%), a Confederação do Comércio (5%) e o Governo Federal (20%).

Mensalidade de Sócio Integrante do Sincopeças-RS

  Ser SÓCIO SINCOCOPEÇAS-RS é integrar um grupo de empresários que usufruem de vantagens exclusivas para si, para seus funcionários, para suas empresas. Já pensou em ser DIRETOR / VICE-PRESIDENTE / PRESIDENTE e ter a possibilidade de representar mais de 20.000 empresários do setor automotivo no estado do Rio Grande do Sul, perante os poderes executivo, legislativo e judiciário? EMPRESÁRIO SÓCIO SINCOPEÇAS-RS PODE! Sabe qual valor é a mensalidade? APENAS R$ 30,00!

Mantenha-se Informado
guia.png

Contribuição Assistencial Patronal​

Acesse aqui e realize o seu pagamento!

Rua Castro Alves, 723 sala 301 | CEP: 90430-131 - Porto Alegre

(051) 3222 - 5577 | (051) 9 9921 - 4970

Links Rápidos!

Sindicato do Comércio Varejista de Veículos e de Peças para Veículos no Estado do Rio Grande do Sul

Todos os Direitos Reservados© - 2020 

PANDORA SITE.png