(51) 3222-5577
slide1
slide2
Institucional
Associe-se
Produtos
Centro de Eventos
Informativo SincoPeças
Notícias
Eventos
Convenções
Emissão de Guias
Guia de Negócios
Banco de Currículos
Localização
Sincopeças Brasil
Contato
 
 Cadastre-se
Receba as novidades do Sincopeças e do segmento
de autopeças, fazendo
seu cadastro aqui

Notícias

Palestra aborda economias brasileira e gaúcha em ano eleitoral
20 de Agosto de 2014

Empresários do setor de autopeças participaram, na manhã de 20 de agosto, de debate sobre as economias brasileira e gaúcha em ano eleitoral. A palestra ocorreu na sede do Sincopeças-RS, em Porto Alegre, e foi ministrada pelo economista Marcelo Savino Portugal.

PhD em Economia pela Universidade de Warwick (Inglaterra), Portugal é professor do Departamento de Economia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul e consultor de empresas e organizações. Conjuntura internacional; atividade econômica; inflação; juros; câmbio e contas públicas foram temas do evento.

Portugal falou sobre as três potências mundiais da economia. Segundo ele, os Estados Unidos têm um crescimento estável e lento, voltando à normalidade de sua política monetária; a Zona do Euro começa a sair da recessão de forma muito heterogênea e a China passa por uma desaceleração lenta, mas em patamar elevado. O economista afirmou que o “calote” da Argentina não altera muito um cenário que já era ruim desde o início de 2014 para o País.

“A mudança de estratégia implementada pelo governo Dilma Rousseff, colocando o Estado como elemento indutor do crescimento, não está funcionando”, disse. Conforme o professor, a aceleração da economia gaúcha em 2013 é maior que a nacional pelo efeito da quebra de safra em 2012. Ele também comentou sobre a evolução do PIB brasileiro no primeiro trimestre deste ano, que foi de 0,2%. “Em termos anualizados, 0,2% implica 0,8%. O crescimento é anêmico”, afirmou.

“A estratégia de desenvolvimento está errada. O problema não é a falta de demanda, como na Europa e nos Estados Unidos, mas sim incapacidade de oferta.” De acordo com o especialista, a distribuição setorial do crescimento é similar a do Brasil, mas o RS crescerá mais que o País pelo segundo ano consecutivo. A agropecuária tem um significativo efeito indireto sobre a indústria e o comércio. “Devemos crescer perto dos 2,5% no ano”, previu.

Em 11 dos 42 meses de administração Dilma, a inflação esteve acima de 6,5%. E ela nunca atingiu o centro da meta (4,5%). Nos últimos 5 meses, o Banco Central tem conseguido manter o câmbio entre R$ 2,20 e R$ 2,30. “Ele está usando o câmbio barato para tentar amenizar o problema inflacionário”, declarou.

Emprego e eleições - Para Portugal, a geração de emprego está em desaceleração no Brasil e no RS. “Mas o desemprego continua baixo (4,9% no País e 3,2% no RS em abril), pois tem menos gente chegando ao mercado de trabalho. Nos últimos 12 meses, até junho, foram gerados 570 mil empregos em nível nacional”, relatou.

Sobre as previsões para as eleições, Portugal falou sobre a ascensão de Marina Silva, após o acidente em que Eduardo Campos foi morto. Para ele, implantou-se um novo cenário após o ocorrido, onde há incerteza sobre quem disputará o segundo turno.


“A mudança de estratégia implementada pelo governo Dilma Rousseff, colocando o Estado como elemento indutor do crescimento, não está funcionando”, disse Portugal.
Fechar Próxima Anterior

“A mudança de estratégia implementada pelo governo Dilma Rousseff, colocando o Estado como elemento indutor do crescimento, não está funcionando”, disse Portugal.


+ notícias

Envie por E-mail

Dados Para Envio:
*
*
*
*
*

Downloads de Palestras



Informativo

Clique aqui e
acesse as edições anteriores



Feriados
Municipais

 

Banco de CurrículosCompra e VendaGaleria de Fotos
Links Rápidos
Correios
Cotação de Veículos
Detran RS
Diário Oficial do Estado
Diário Oficial da União
Fecomércio-RS
Governo do Estado RS
Junta Comercial do RS
Ministério do Trabalho
Ministério dos Tranportes
Prefeitura de Porto Alegre
Previdência Social
Receita Federal
Rotas Turísticas RS
Sebrae - RS
Secretaria da Fazenda RS
Serasa
Tribunal de Justiça do RS
Avenida Paraná, 2.435 | São Geraldo | 90240-602 | Porto Alegre/RS | Tel: (51) 3346-5644 / 3346-7012 | Fax: (51) 3222-5456